Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > 10 cidades que deves visitar em bicicleta

O que ver

10 cidades que deves visitar em bicicleta

10 cidades que deves visitar em bicicleta
Outubro 05
09:48 2016

O cicloturismo tem cada vez mais adeptos. Isso de percorrer algumas das mais belas cidades do mundo montados numa bicicleta permite chegar a lugares aos quais, de outra maneira, provavelmente não chegaríamos. Além disso, é inegável o fascínio que desperta imaginar-se em cima de um velocípede por praças e ruas que aparecem nos guias de viagem.

Nós, os amantes desta maneira tão especial de fazer turismo, estamos muito gratos, porque há cada vez mais cidades bicycle friendly. Nesta resenha, figuram 10 das mais recomendáveis para não parar de pedalar.

1. Amsterdão

É o expoente máximo de uma cidade Europeia bike friendly, com mais de 600.000 bicicletas em uso frequente, num aglomerado populacional com mais de 750.000 pessoas. Há cerca de 400 quilómetros de ciclovia perfeitamente sinalizados sendo que aqui poderão encontrar propostas interessantes de aluguer para por à prova a experiencia velocipédica em Amsterdão.

Amsterdam. Foto: Lorena a.k.a. Loretahur/ Flickr CC.

Amsterdam. Foto: Lorena a.k.a. Loretahur/ Flickr CC.

2. Barcelona

O objectivo é passar dos 116 quilómetros de ciclovia, que há agora, para os 308 que se prevêem para 2018, de acordo com o Plano Director Municipal. Isto fará com que 95% da população tenha acesso à faixa para velocípedes, a menos de 300 metros de distância do seu domicílio. A população está já familiarizada e respeita ao máximo este meio de transporte.

3. Bordéus

É muito plana, pequena, com zonas pedonais bem definidas e protegidas, a fim de poder circular de bicicleta. Há um serviço público de aluguer, designado V3, e há tarifas tanto diárias, como semanais ou até para períodos mais longos.

Bordéus. Foto: Mario Sánchez Prada/ Flickr CC.

Bordéus. Foto: Mario Sánchez Prada/ Flickr CC.

4. Berlim

Berlim conta já com mais de 620 quilómetros de vias para andar de bicicleta e há, inclusive, trajectos que passam pelas zonas, bairros, monumentos e museus mais emblemáticos da cidade. Há inúmeras empresas que colocam à disposição o serviço de aluguer, e empréstimo, deste meio de transporte.

5. Dublin

A cidade irlandesa é um daqueles destinos bike friendly que vos podemos recomendar. Embora possa parecer contra-intuitivo que não haja ciclovias, a verdade é que se podem alugar bicicletas para percorrer as suas ruas e praças, e deixá-las aparcadas à porta do pub, graças a uma cultura ‘ciclista’ que respeita muito os seus utilizadores.

Dublin. Foto: Michael Folly/ Flickr CC.

Dublin. Foto: Michael Foley/ Flickr CC.

6. Sevilha

Em dez anos progrediu-se muito em Sevilha, que conta já com quase 171 quilómetros de ciclovias. Todos os dias se efectuam mais de 68.000 deslocações em bicicleta e os visitantes não hesitam em optar por alugar esses veículos de duas rodas para um passeio em redor da cidade.

7. Verona

Também não é pelas suas faixas reservadas à circulação ciclista que é conhecida, mas a cidade é praticamente plana e o tráfego é tão tranquilo e bem articulado que se nos dissessem que não estamos em Itália talvez acreditássemos. Há uma empresa, Verona Bike, que aluga bicicletas, com estações espalhadas pelas principais ruas e praças.

Verona. Foto: Flavio Ensiki/ Flickr CC.

Verona. Foto: Flavio Ensiki/ Flickr CC.

8. Estocolmo

É uma cidade que convida a ser descoberta em bicicleta. Há ciclovias muito bem indicadas e a população respeita ao máximo os ciclistas. Aqui têm à vossa disposição itinerários guiados para conhecer os lugares mais bonitos, os monumentos mais importantes e os cafés e bares recomendados para quem vem montado em bicicleta.

9. Paris

São cerca de 300 quilómetros de ciclovias que nos levam pelos sítios mais bonitos e emblemáticos da Cidade Luz. Não será em vão que, qualquer dia, comece também a ser conhecida por “cidade das bicicletas”. Há serviços de aluguer para desfrutar de Paris desta forma tão especial.

Paris. Foto: Julio Martinich/ Flickr CC.

Paris. Foto: Julio Martinich/ Flickr CC.

10. Copenhaga

Podem ir até à praia, às florestas, aos parques ou simplesmente percorrer os melhores pontos de interesse de Copenhaga. Tudo graças a uma rede de ciclovias muito completo, com 350 quilómetros de extensão. Aqui terão acesso a vários serviços de empréstimo de velocípedes por horas, dias ou mais tempo.


© Artigo traduzido por Miguel Albuquerque.

Etiquetas

Sobre o Autor

María Sanchez

María Sanchez

Viajera, que no turista; periodista y bloguera, que no redactora. Porque no es lo mismo ser que estar, SOY comunicadora por vocación. Licenciada en Periodismo, con amplia experiencia en medios de comunicación y redes sociales, mi gran pasión es descubrir Mundo. La mejor forma de recordar un viaje, contándolo. Puedes encontrarme en la blogosfera y en las redes sociales. Bon voyage!

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook