Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > 4 locais portugueses a visitar este verão

O que ver

4 locais portugueses a visitar este verão

4 locais portugueses a visitar este verão
Julho 13
08:47 2016

Mais do que quatro locais portugueses a visitar este verão, regiões ou cidades, são quatro pretextos para passear neste verão. Escolha o seu local preferido de acordo com as suas preferências: um pretexto cultural; um novo museu; festas e praias fluviais; música eletrónica; motas; recriações medievais; gastronomia; atividades ao ar livre ou… o melhor é ler e escolher a que mais gostar

Chaves

(autor: Gabriel González / Flickr CC)

(autor: Gabriel González / Flickr CC)

Haverão muitas razões para visitar a bonita cidade de Chaves e, agora, existe mais uma: o novo Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso. Abriu as portas no passado dia 8 de julho, depois de alguns anos de atraso na obra, que fica junto do rio Tâmega. Esta é agora a casa de muitas pinturas do mestre Nadir Afonso, nascido em Chaves em 1920 (faleceu em 2013), mas também vai acolher exposições de outros artistas a ele ligados, colóquios, apresentações e workshops. O edifício do museu é um projeto do renomado arquiteto português Álvaro Siza Vieira, ou seja, outra razão para ser visitado.

Aproveite a passagem por Chaves, para ir relaxar até às termas com tratamentos que o deixarão como novo (experimente o Duche Vichy com massagem!). E pelo caminho, pare num dos restaurantes típicos da cidade, para provar as iguarias regionais. Ao lado da ponte romana tem a Taberna Benito, um dos espaços mais tradicionais. Sugestão? Prove a posta à transmontana com batata a murro e comece a prova com o presunto da terra.

Não vá embora sem subir à Torre de Menagem de Chaves, que é de onde se tem a melhor vista sobre a cidade. Passeie pelos jardins e ali ao lado tem a Igreja Matriz (Igreja de Santa Maria Maior) e a Igreja da Misericórdia (que celebra 500 anos) e, prepare a câmara, para captar as coloridas casinhas do centro histórico e as suas típicas varandas, com madeiras.

E, claro, prove os pastéis mais conhecidos: os pastéis de Chaves. Também pode trazer alguns consigo para casa, já que há muitas lojas que os vendem congelados para poder comer noutro dia.

Santa Maria da Feira

santa-maria-da-feira-castelo

Mesmo com o seu castelo altaneiro, como pretexto para ser visitado todo o ano, e as suas tradicionais fogaças, há diversas alturas do ano em que Santa Maria da Feira se torna o foco das atenções.

Uma delas é quando acolhe o Imaginarius – Festival Internacional de Rua, outra é aquando da recriação da Viagem Medieval em Terra de Santa Maria, que envolve todos os habitantes.

Este ano, de 27 de julho a 7 de agosto, a Viagem medieval volta a ocupar o centro e as ruas vizinhas (num total de 33 hectares) de Santa Maria da Feira.

São 11 dias de animação e recriações históricas, com a participação de 55 entidades locais, com 31 áreas temáticas e atividades para miúdos e graúdos. No total são apresentados 312 espetáculos e mais de duas mil pessoas trabalham no enorme recinto que se divide em várias áreas. É mesmo um acontecimento e sempre muito bem organizado, por isso o aconselhamos.

Este ano as recriações da Viagem Medieval centram-se num período histórico entre o final do século XIII e princípio do século XIV, sob a governação de D. Dinis. Uma época “caracterizada pela afirmação do poder régio e pelas alianças firmadas com os reinos peninsulares: primeiro, o de Aragão, casando com D. Isabel; depois, o de Castela e Leão, assinando o tratado de Alcanizes, em que ratificou o casamento entre os príncipes herdeiros e definiu os limites territoriais entre os dois reinos, convertidos na fronteira política mais antiga e estável da Europa”, diz no site oficial.

As barraquinhas de comida e bebida estarão montadas , rodeadas de animação e música, com cerca de 1400 performances e reconstituições de lutas e da vida de um mercado medieval. É uma verdadeira viagem ao passado.

Sugestão: os fins de semana são sempre os dias mais concorridos, por isso, se puder, vá durante a semana, para evitar ter de estacionar longe e estar muito tempo em filas.

Pampilhosa da Serra

Em agosto, a pacata Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, mais precisamente a sua praia fluvial, torna-se a casa das Sunset Sessions.

O que é? São 12 dias de natureza, aventura, desporto, animação, música e dança, de 12 a 21 de agosto de 2016. E diz ser o único festival que se realiza numa plataforma aquática, sobre o rio Unhais, na praia fluvial local.

E sabia que esta é uma das três praias com Bandeira Azul no concelho?

Para quem gosta de música eletrónica, os nomes do cartaz das Seaside Sunset Sessions são por si só um chamariz: destaca-se a presença do DJ internacional Yves V, que atua dia 19 de agosto, conhecido pela sua participação no Tomorrowland, um dos principais festivais de música eletrónica do mundo. Já os DJs nacionais Riot e Diego Miranda vão animar a pista no dia 20.

E o melhor de tudo? A entrada para o festival é grátis, assim como a participação nas atividades de animação que se realizam no recinto, como aulas de dança e um slide sobre a praia que termina em mergulho.

Quem quiser dormir por lá, saiba que vão estar também disponíveis opções de alojamento camping gratuito e glamping a preço reduzido.

Algarve

Praia dos três irmãos

Praia dos três irmãos

Se em julho Faro acolhe a mais carismática concentração de motos do país (de 14 a 17 de julho 2016), o Algarve está repleto de eventos durante todo o verão, que o tornam (a par das suas praias) um dos destinos mais concorridos, para férias, dentro de Portugal.

Se já não vai a tempo de viver a emoção da 35ª Concentração Internacional de Motos de Faro, há mais eventos… se bem que com ambientes diferentes. O Festival Al-Buhera anima Albufeira de 27 a 31 de julho. Durante cinco dias, a Praça dos Pescadores recebe barraquinhas de artesanato, de gastronomia e atuações musicais.

A Fatacil conta já com 37 anos de vida. A Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa vai decorrer de 19 a 28 de agosto de 2016. Ainda não há nomes no cartaz, mas por norma acolhe nomes conhecidos da música nacional e internacional. Assim, além do artesanato e negócios da região, há música, e gastronomia local para provar.

Se preferir recriações medievais (e há muitas pelos país inteiro), a vila de Castro Marim recebe, de 24 a 28 de agosto, a 19ª edição dos Dias Medievais. Como já é habitual, a animação ocupa a vila muralhada com a recriação de um mercado medieval, com equilibristas, cuspidores de fogo e músicos a animar os presentes.

Etiquetas

Sobre o Autor

Susana Ribeiro

Susana Ribeiro

Jornalista, adora contar histórias e é uma apaixonada por viagens. Susana Ribeiro encontra sempre um pretexto para passear. Depois de escrever, para vários órgãos de informação, sobre turismo, gastronomia, vinhos e viagens... decidiu colocar todas as suas dicas no ViajeComigo.com. As suas sugestões são para incentivar outros a descobrirem novas paragens. Por isso, diz: "Há sempre um sítio novo para conhecer, nem que seja na sua própria cidade. Cada viagem e viajante são singulares. Conheça o mundo à sua maneira".

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook