Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > Conselhos de Viagem > 6 Passos para Combater o Medo de Voar

Conselhos de Viagem

6 Passos para Combater o Medo de Voar

6 Passos para Combater o Medo de Voar
Setembro 21
11:30 2016

No moderno mundo de viagens andar de avião é uma realidade recorrente. Contudo há imensas pessoas que receiam voar, desde um extremo pânico até uma ligeira ansiedade no momento da aterragem ou descolagem. As estatísticas dizem-nos que um terço dos passageiros prefeririam não estar a bordo de um avião.

É perfeitamente normal. Muitas vezes este medo deriva da alteração da ordem natural das coisas. A verdade é que o ser humano existe há dois milhões de anos e desde então nunca abandonou o meio terrestre. Voar é algo de novo e o nosso instinto de sobrevivência pode não gostar de nos a deixar a relativa segurança da terra firme. Outras pessoas adquirem o medo na sequência de um voo traumático, com fortes incidentes (tempestade, aterragem difícil, turbulência, etc).

Será importante determinar se o seu medo é mesmo de voar, ou se o mal-estar advém de outras fobias relacionadas: claustrofobia, receio de alturas, agorafobia são alguns dos pavores que podem implicar com uma viagem de avião sem contudo serem exactamente medo de voar.

#1 Informe-se sobre os factos

Certamente que a informação não eliminará de imediato o medo de voar, mas será uma parte importante desta luta. Saber exactamente quais são as probabilidades de sofrer um acidente aéreo e o que causa a turbulência ajudam a desmistificar os receios. Este tem sido o método tradicional dos terapeutas, mas apelar à racionalidade e injectar informação nas pessoas com este problema não resulta em todos os casos.

Woman feeling sick inside air plane

 

#2 Filtre a Informação Desnecessária

Uma das principais razões para o aparecimento do medo de voar reside na abundância de notícias catastróficas, reais ou projectadas, sobre os perigos do tráfego aéreo. Uma notícia sobre a queda de um avião costuma desencadear uma onda de medo naqueles que já têm predisposição para o medo de voar, sobretudo se têm uma viagem aérea marcada. Contudo, se estatisticamente já roça o impossível perder a vida num acidente de avião, o facto de recentemente ter havido um incidente reduz ainda mais as probabilidades de isso lhe vir a suceder.

# 3 Não Ceda ao Medo

É um facto reconhecido por técnicos de fobias: evitar as situações que nos causam pavor não nos ajudará. Voar é uma parte importante da vida de muitas pessoas: alguns têm que se deslocar em trabalho, outros gostam de viajar e estão enquadrados numa relação ou numa família que espera que simplesmente se metam num avião rumo às desejadas férias. Continuar a evitar voar só servirá para criar atritos e tensões adicionais. Não ceda! Vença o medo, da forma que se adaptar melhor à sua situação individual. Contudo, não enfrente cegamente este pavor. Se o fizer, sem método nem planeamento, estará apenas a eternizar a sua agonia.

#4 Concentre-se no Destino e não no Voo

Encha a sua mente de pensamentos positivos. Imagine-se no destino desejado, seja ele uma praia paradisíaca nas Maldivas ou o opulente Dubai. Sabe que sem entrar num avião nunca lá chegará, pense em termos de recompensa. Pense que sem enfrentar o desconforto estará condenado às fériazinhas na praia de sempre, junto a casa, enquanto que se comprar um bilhete e embarcar num avião passará um dos melhores tempos da sua vida.

traveler's first aid kit, plane, pill, map

# 5 Aprenda Técnicas de Relaxação e Distracção

Procure aprender e colocar em prática técnicas generalistas, utilizadas para enfrentar situações de ansiedade. Meditação e métodos de respiração controlada poderão ser eficientes na hora de voar. Por outro lado, deverá canalizar a sua atenção para elementos exteriores ao voo: concentre-se num filme, converse com o companheiro de viagem (desde que não aborde temas de segurança aeronáutica, claro), leia.

#6 Procure o Auxílio da Tripulação

Os tripulantes de cabine costumam receber formação sobre a melhor forma de ajudar passageiros com medo de voar. Assumir o seu medo, comunicando-o ao pessoa de bordo e solicitando apoio ajudará não só de forma directa como também retirará pressão sobre si: sofrer sozinho e em silêncio é o pior. Peça explicações sobre os fenómenos de voo que mais o atemorizam, sobre o significado dos ruídos de bordo, tão naturais mas tão assustadores.

Etiquetas

Sobre o Autor

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro: Nasceu e cresceu em Lisboa. Foi para o Algarve. Licenciou-se em História, andou dez anos com os galões dourados da Armada, até que mandou as rotinas à fava e passou a fazer websites. Agora está aqui, pronto para partilhar o que viu no Planeta. Lê, vê cinema, anda de moto 4, faz Geocaching e é Couchsurfer.

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook