Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > 10 locais Património Mundial da UNESCO para visitar

O que ver

10 locais Património Mundial da UNESCO para visitar

10 locais Património Mundial da UNESCO para visitar
Setembro 23
10:09 2016
3
SHARES

Foram 25 os novos locais recentemente acrescentados à já longa lista de cidades e monumentos considerados Património Mundial da Unesco. Espalhados um pouco por todo o mundo e reconhecidos tanto pelo seu valor histórico como pela sua beleza e majestosidade, queremos dar-vos a conhecer quais destes recém destacados pela Unesco merece(m) uma visita, ao menos um vez na vida.

Paisagem Cultural de Arte Rupestre de Zuojiang Huashan, China. Ao todo, 38 zonas com cerca de 1.900 amostras de arte rupestre muito bem preservadas, situadas na fronteira sudoeste da China. É uma área de difícil acesso mas os entusiastas da História dos primórdios do Homem certamente que a incluirão na lista dos recantos do planeta a visitar, obrigatoriamente.

Paisagem Cultural de Arte Rupestre de Zuojiang Huashan, China.

Paisagem Cultural de Arte Rupestre de Zuojiang Huashan, China.

Nan Madol, Micronésia. São 99 ilhotas artificiais, também conhecidas como “a Veneza do Pacífico”, cuja origem remontará aos séculos XIII – XVI. Abrangem uma área de 18 quilómetros quadrados sobre recifes de coral onde pelo meio se encontram ruínas de templos, palácios e túmulos.

Nan Madol, Micronesia. Foto: NOAA Photo Library/ Flickr CC.

Nan Madol, Micronesia. Foto: NOAA Photo Library/ Flickr CC.

Antiga cidade medieval de Ani, Turquia. Na actual fronteira com a Arménia, 1.464 metros acima do nível do mar, podem encontrar os despojos do antigo reino da Arménia Bagrátida. O lugar é mágico, com vestígios de uma dinastia que chegou a ser muito poderosa: residências privadas, edificações religiosas, complexos construídos para uso civil… Foi considerado um dos pontos de passagem mais importantes da rota da Seda.

Antiga cidade medieval de Ani, Turquia. Foto: Deitar/ Flickr CC.

Antiga cidade medieval de Ani, Turquia. Foto: Deitar/ Flickr CC.

Baía de Dungonab e Ilha Mukkawar, Sudão. Recifes de coral, mangais, pradarias marinhas de perder a vista dão forma a um habitat único no mundo, que se reflecte na sua fauna e flora, com aves e animais marinhos, como tubarões e mantas, tartarugas e todo tipo de peixes. O Parque Nacional de Sanganeb também faz parte deste conjunto, sendo uma ilha coralina no Mar Vermelho, a 25 km da costa do Sudão.

Parque Nacional de Sanganeb. Foto: Cathy Thomas/ Flickr CC.

Parque Nacional de Sanganeb. Foto: Cathy Thomas/ Flickr CC.

Gruta de Gorham, Gibraltar. Ainda que a proximidade seja um atractivo importante – o posicionamento geográfico do enclave britânico é sobejamente conhecido – , gostaríamos de dar ênfase à nomeação da Gruta de Gorham, que se encontra na parte baixa do Rochedo de Gibraltar e que serve de museu a restos pré-históricos de grande valor. Aí podem ver-se vestígios que revelam hábitos de caça, gravuras rupestres e peças ornamentais.

Gruta de Gorham, Gibraltar. Foto: Kjell Eson/ Flickr CC.

Gruta de Gorham, Gibraltar. Foto: Kjell Eson/ Flickr CC.

Deserto de Lut, Irão. ‘Lut’ significa “vazio” e é ver as imagens para deixar voar a imaginação até este ponto no sudeste do Irão, um grande deserto de sal de 320 quilómetros de largura e 480 de comprimento. Se estiverem realmente a pensar dar um salto por estas bandas, fica um aviso: está entre os locais mais quentes do mundo, com temperaturas que podem chegar até aos 70º Celsius.

Deserto de Lut, Irão. Foto: Sergi Hill/ Flickr CC.

Deserto de Lut, Irão. Foto: Sergi Hill/ Flickr CC.

Roteiro arquitectónico com a chancela de Le Corbusier. Só este arquitecto suíço assinou 17 obras, entretanto distinguidas como Património da Hunidade pela Unesco. São da sua autoria edifícios tão impressionantes como o Complexo do Capitólio Chandigarh, na Índia, do Museu Nacional de Arte Ocidental em Tóquio ou a ‘Unidade de Habitação’ de Marselha. No total estão distribuídas por sete países.

Le Corbusier, Tokyo. Foto: Chris Guy/ Flickr CC.

Le Corbusier, Tokyo. Foto: Chris Guy/ Flickr CC.

Parque Nacional Khangchendzonga, Índia. A norte do país estendem-se mais de 1.800 metros quadrados de parque natural, ocupando parte da cordilheira do Himalaia, entre planícies e vales, montanhas e glaciares. Aqui situa-se o terceiro pico mais alto do mundo, o Monte Khangchendzonga (8.586 metros de altitude), superado apenas pelo Everest e pelo K2.

Khangchendzonga. Foto: Vincent Dugast/ Flickr CC.

Khangchendzonga. Foto: Vincent Dugast/ Flickr CC.

Mistaken Point, Canadá. Se faltassem motivos suficientes para procurar voos para o Canadá vem a UNESCO e nomeia esta reserva ecológica uma dessas paisagens naturais mais deslumbrantes do planeta Terra. São cerca de 17 km serpenteando penhascos vertiginosos e onde se podem deparar com evidências de algumas das criaturas mais antigas que alguma vez terão povoado a Terra.

Mistaken Point, Canadá. Foto: Robert Hiscock/ Flickr CC.

Mistaken Point, Canadá. Foto: Robert Hiscock/ Flickr CC.

Ilhas Revillagigedo, México. O país azteca continua a viver à altura da reputação de paraíso, que conquistou com todo mérito. Há que regressar para se aventurarem em alcançar as quatro ilhas que formam este arquipélago de sonho: Socorro, San Benedicto, Roca Partida e Clarión. Está 390 quilómetros a sudoeste da ponta mais a sul da Baixa Califórnia, no Oceano Pacífico.

Ilhas Revillagigedo, México. Foto: Waskyo/ Flickr CC.

Ilhas Revillagigedo, México. Foto: Waskyo/ Flickr CC.


Foto destacada: Sergi Hill/ Flickr CC.

© Artigo traduzido por Miguel Albuquerque.

3
SHARES
Etiquetas

Sobre o Autor

María Sanchez

María Sanchez

Viajera, que no turista; periodista y bloguera, que no redactora. Porque no es lo mismo ser que estar, SOY comunicadora por vocación. Licenciada en Periodismo, con amplia experiencia en medios de comunicación y redes sociales, mi gran pasión es descubrir Mundo. La mejor forma de recordar un viaje, contándolo. Puedes encontrarme en la blogosfera y en las redes sociales. Bon voyage!

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook