Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
 Últimas Notícias
Home > Conselhos de Viagem > O que deve saber se vai viajar grávida

Conselhos de Viagem

O que deve saber se vai viajar grávida

O que deve saber se vai viajar grávida
Abril 03
08:46 2017

É uma das mais bonitas e excitantes etapas na vida de uma mulher… mas também um momento de dúvida e perguntas sobre o que podemos ou não devemos fazer. A seguir, uns conselhos para viajar grávida que esperamos que vos ajudem. Parabéns!

É uma das mais bonitas e excitantes etapas na vida de uma mulher… mas também um momento de dúvida e perguntas sobre o que podemos ou não devemos fazer. Quando se trata de viajar, a gravidez também requer mudanças, em parte, nos nossos hábitos e em tomar certas precauções. São nove meses muito especiais, nos quais se pode disfrutar de viagens, claro, mas tendo sempre em conta os seguintes nove pontos para aproveitar ao máximo as vossas escapadelas. Os voos baratos já sabe onde encontrar 😉

viagens-gravida

  • O melhor momento: O segundo trimestre é a etapa mais favorável para partir à aventura. O risco de perda diminuiu, provavelmente os primeiros sintomas mais incómodos já passaram e há poucas probabilidades de entrar em trabalho de parto. O limite é imposto pelos médicos e companhias aéreas entre as 28 e 35 semanas, incluindo a data de regresso.
  • Contradições: o seu ginecologista deveria ter a última palavra. Com ele está o seu historial, os seus conhecimentos e a voz da experiencia. Em geral, está desaconselhado que as futuras mamãs subam a bordo quando tenham tido casos de hemorragias, anteriormente tenham sofrido um aborto, tenham anomalias na placenta, antecedentes de hipertensão arterial e/ou diabetes ou sofrem de anemia severa, entre outros casos.
  • Destinos: quanto mais perto, melhor. Os trajectos de pequena distância são, na realidade, os mais recomendados e claro que não é igual dar uma escapadela a um destino exótico e a uma capital europeia, por exemplo. Não se recomenda ir a lugares com mais de 3000 metros de altitude nem a zonas onde corram o risco de contrair alguma doença grave como a malária, a febre-amarela, a dengue, etc. Há que evitar sítios para os quais seja necessário vacinar-se. Não vemos necessidade, na realidade, são só nove meses. Depois terá toda uma vida para conhecer aqueles destinos recônditos que sempre sonhou conhecer.

viajar-gravida

  • Meios de transporte: carro, comboio, avião, barco, autocarro… Tudo vai depender de onde nos dirigimos. No caso do avião, as companhias aéreas não costumam recomendar embarcar depois do sétimo mês, para não provocar um parto prematuro. O comboio é muito cómodo e o carro é, por norma, o mais utilizado. Dependendo dos casos, o barco – se não sofrer de náuseas, por exemplo – e do tipo de embarcação – os grandes cruzeiros costumam ter um médico e um enfermeiro a bordo, caso haja algum imprevisto.
  • Preparativos: é importante planear, dentro da medida do possível. Deixa o “partir à aventura” para outra etapa da sua vida. Tem em conta o tempo que vais estar em trânsito, leve roupa cómoda, uma bolsa de aprovisionamento – água, comida ou petiscos, rebuçados, etc. Se necessitar de uma ajuda para evitar enjoos, consulte antecipadamente o médico para saber se pode tomar. Tenha em conta também a comodidade do transporte elegido, sobretudo se se tratam de distâncias médias e longas.
  • Documentação: antes de partir, o melhor é falar com o seu ginecologista ou com o obstetra para que redijam um documento que resuma o vosso historial, com dados clínicos e detalhes de como está a decorrer a gravidez. Leve um seguro médico de viagem e informe-se, caso saia do país, de onde poderá pedir ajuda médica em caso de necessidade.
  • Actividades e planos: escusado será dizer que há que evitar os desportos de aventura. Também é preciso precaução em parques temáticos e aquáticos, jacuzzis e spas. Claro que podem optar por caminhadas e rotas a pé, sempre que a grávida esteja preparada. O segredo é escutar o seu corpo, utilizar o senso-comum e tirar o máximo partido das férias sem colocar em risco a sua saúde e a do bebé que está a caminho.
  • Precauções: vários procedimentos e conselhos básicos, embora essenciais: hidrate-se; beba muitos líquidos, especialmente se for para zonas quentes; não descuide a alimentação, evite comidas pesadas e aposte nas frutas e verduras; não deixe de fazer algum exercício, seja caminhar um bocado ou realizar alguns exercícios de ioga ou pilates no quarto de hotel; proteção solar, sempre, com creme e evitar a exposição direta nas horas de maior perigo.
  • A pergunta de um milhão… No corredor ou à janela? No corredor! Se é daquelas que preferem sempre ir à janela para ir desfrutando da paisagem, o melhor é esquecer isso. A explicação é muito simples: as gestantes necessitam de ir com muita frequência à casa de banho, para quê incomodar o passageiro do lado a cada quinze minutos? Além disso, é aconselhável que ande um pouco de hora a hora, que dê uma caminhada pelo corredor para evitar o inchaço dos pés e pernas.

viajar-gravidez

Esperamos que todos estes conselhos e pontos gerais vos tenham ajudado e orientado. O estado de graça, como já devem ter ouvido centenas de vezes, não é sinónimo de – de facto, não podia estar mais distante da realidade – estar doentes ou inválidas. Isso não impede que usemos a lógica para não expormos a riscos desnecessários e colocar em causa a vida do bebé. Resta-nos desejar uma viagem muito feliz tanto nas vossas férias como na aventura que está para chegar, a der serem mamãs.

© Artigo redigido por  María Sánchez

Etiquetas

Sobre o Autor

María Sanchez

María Sanchez

Viajera, que no turista; periodista y bloguera, que no redactora. Porque no es lo mismo ser que estar, SOY comunicadora por vocación. Licenciada en Periodismo, con amplia experiencia en medios de comunicación y redes sociales, mi gran pasión es descubrir Mundo. La mejor forma de recordar un viaje, contándolo. Puedes encontrarme en la blogosfera y en las redes sociales. Bon voyage!

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook