Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > Roteiros de Viagem > Parques Temáticos na Europa, ideias para as férias em família

Roteiros de Viagem

Parques Temáticos na Europa, ideias para as férias em família

Parques Temáticos na Europa, ideias para as férias em família
Setembro 16
10:09 2016

Os parques temáticos na Europa podem ser tão divertidos para os filhos como para os pais! Porque são espaços preparados para entreter a família inteira, desde crianças de todas as idades a adolescentes e quando existe uma forte ligação emotiva ao tema é ainda mais interessante.

Por norma, reúnem num só lugar montanhas-russas (com entrada autorizada conforme a altura), carrosséis, lagos, rios, jardins, espectáculos, actividades, lojas e restaurantes com muita magia e fantasia à mistura.

A minha dica vai para que se organizem logo à entrada, de mapa e horários na mão, pois nem sempre é fácil conseguir fazer tudo o que lá existe. Então o melhor é mesmo começar pelos divertimentos preferidos e tentar seguir uma ordem de proximidade para evitar desperdícios de tempo.

Muitos destes parques temáticos estão rodeados de vários hotéis e conforme o seu tamanho, um dia de visita pode até saber a pouco, por isso mesmo o planeamento é tão importante.

Tenham também em conta que grande parte destes espaços de diversão familiar têm atracções que metem água e apesar de alguns até terem secadores de corpo inteiro, o Verão é sempre a época mais aconselhada para a visita: os dias são maiores e as temperaturas exteriores bem mais agradáveis.

A lista dos parques temáticos na Europa é bem criativa e diversificada – não, não se fica apenas pela super famosa Disney. Exemplo disso são as sugestões apresentadas (aprovadíssimas pela minha família), que espero vos sirvam de inspiração.

Há de tudo um pouco: opções indicadas para as crianças pequenas e para as mais velhas, lugares com diferentes graus de agitação, enormes e mais concentrados, interiores e ao ar livre. Por isso agora façam as vossas escolhas e divirtam-se!

Os melhores parques temáticos da Europa

HARRY POTTER STUDIO TOUR

Londres, Inglaterra

(autor: Chris Street / Flickr CC)

(autor: Chris Street / Flickr CC)

Para os fãs, poucas coisas serão mais empolgantes do que poder visitar os bastidores dos filmes de Harry Potter. Os estúdios abertos ao público em 2012, ficam um pouco distante do centro da cidade e os bilhetes têm de ser comprados online com alguma antecedência, mas vale a viagem.

Além dos objectos mais conhecidos, estão lá mobílias, roupas, réplicas de personagens, o sidecar, o autocarro de três andares, os cenários da casa dos tios de Harry e até das ruas de Londres. Podem-se experimentar técnicas de varinha mágica, andar num carro ou vassoura voadora e claro, aprender muitas curiosidades, efeitos especiais e truques utilizados nas filmagens. Não há montanhas-russas mas garanto que há muita emoção!

LEGOLAND

Billund, Dinamarca

(autor: Ian Richardson / Flickr CC)

(autor: Ian Richardson / Flickr CC)

Existem parques temáticos da Legoland em vários cidades e países, mas este é o primeiro, o original. Está bem perto da fábrica dos mundialmente famosos pequenos blocos de construção coloridos, numa pacata localidade a cerca de três horas da capital, Copenhaga.

É um lugar super mágico, com tudo de aspecto muito fofinho e encantador especialmente para os miúdos mais pequenos que deliram com as voltinhas de minis barcos, aviões ou carros. E ainda com as tantas construções espalhadas pelo parque que utilizam as peças dos Legos, sendo a parte mais exuberante uma cidade cheia de casinhas construídas com peças de Legos. Para uma estadia mais cómoda, recomendo o hotel com entrada directa desde o parque. O ambiente é bastante descontraído, as famílias são muito bem recebidas e o tema está sempre presente.

MINI-EUROPE

Bruxelas, Bélgica

(autor: CMFRIESE / Flickr CC)

(autor: CMFRIESE / Flickr CC)

O Mini-Europe não é um parque de diversões porque não tem montanhas-russas nem carrosséis (nem sequer grandes avenidas, restaurantes ou lojas) mas é um excelente lugar para se passear ao ar livre. É muito tranquilo, apesar de ter alguma interacção com os visitantes não há gritos estridentes nem filas de espera como em outros parques temáticos.

Dá essencialmente para apreciar e mostrar aos miúdos a diversidade de monumentos e paisagem arquitectónica que existe na Europa (o Big Ben, a Torre Eiffel, a Torre de Pisa, o Castelo de Guimarães, os canais de Veneza e Amesterdão estão todos lá). As réplicas, mais de trezentas, são incrivelmente detalhadas e construídas à escala de 1:25. Fica ao lado do Atomium, na cidade de Bruxelas.

  

PARC ASTERIX

Paris, França

(autor: Vinicius Pinheiro / Flickr CC)

(autor: Vinicius Pinheiro / Flickr CC)

Mais uma vez, penso que serão os fãs deste personagem de banda desenhada que mais vão gostar da visita. Apesar do engraçado ambiente de todo o parque poder cativar mais alguns! Porque foi exactamente isso que mais retive, o humor sempre presente neste universo de Gauleses, Romanos, Egípcios, aldeias e menires, além de que as atracções têm nomes relacionados com as histórias relatadas nos livros de Asterix e Obelix.

No caso deste parque, encontrei mais divertimentos disponíveis para famílias com crianças mais velhas. Muitas montanhas-russas e descidas com água cheias de sensações bastante fortes! Existem muitos restaurantes, espectáculos agendados, lojas de recordações e até a possibilidade de tirar fotografias espontâneas com as principais personagens. Eu gostei das sombras (úteis para refrescar) e tive pena que fechasse tão cedo.

 

SKANSEN

Estocolmo, Suécia

(autor: Olivier Bruchez / Flickr CC)

(autor: Olivier Bruchez / Flickr CC)

É considerado o primeiro museu ao ar livre do mundo. Um enorme e bem cuidado museu, aliás. Que até tem um jardim zoológico com as espécies nórdicas mais típicas, foi lá que pela primeira vez vimos e sentimos o pêlo de renas. Está aberto desde 1891 e cativou-me a disponibilidade dos figurantes que interagem, dão informações sempre com muito rigor e simpatia.

Agradou-me a autenticidade das atracções, pois ao contrário de outros parques temáticos, aqui tudo parece muito real, tem pouco de fantasia e ilusão já que pretende retratar o modo de vida da Suécia com réplicas de construções de diversas regiões, profissões da época, danças, feiras e outras actividades. Sugiro acabarem o dia a comer almôndegas no restaurante em frente ao palco, assim conseguem assistir ao espectáculo e ao pôr-do-sol ao mesmo tempo!

Sobre o Autor

Joana Batista

Joana Batista

Aos 21 anos fez a sua primeira grande viagem a solo, ficando a morar e a estudar um ano nos Estados Unidos. Hoje partilha o constante olhar curioso pelo mundo com os seus dois filhos. Decidiu criar o ViajarEmFamilia.com precisamente para inspirar e tentar ajudar, com muitas dicas e sugestões, outras famílias que também gostam de explorar destinos especiais em Portugal, na Europa e no Brasil. E demonstrar assim que viajar em família além de ser possível, pode ser bastante divertido!

2 Comentários

  1. Graça Smith
    Graça Smith Setembro 17, 19:08

    Muito bom, vou aproveitar as dicas!

    Responder a este comentário
  2. Graça Smith
    Graça Smith Setembro 17, 19:09

    Muito bom, gostei muito, vou aproveitar as dicas!

    Responder a este comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook