Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
 Últimas Notícias
Home > Roteiros de Viagem > Pelos Caminos de Pasión na Andaluzia

Roteiros de Viagem

Pelos Caminos de Pasión na Andaluzia

Pelos Caminos de Pasión na Andaluzia
Dezembro 28
08:16 2016

É no sul de Espanha, na região da Andaluzia, que está a rota dos Caminos de Pasión, que engloba dez municípios. Apesar de estarem intimamente ligados às celebrações da Semana Santa, nesta viagem, descobrimos que são locais que merecem visitas em qualquer altura do ano. Independentemente de terem festas ou não.

Os Caminos de Pasión foram criados para mostrarem o património histórico, a gastronomia, o artesanato e todas as tradições que caraterizam dez municípios: Alcalá la Real, em Jaén, Baena, Cabra, Lucena, Priego de Córdoba e Puente Genil em Córdoba e Carmona, Écija, Osuna e Utrera em Sevilha.

Durante uma semana fomos descobrir os encantos de cada um deles e mais haveria para conhecer! Mas, se a Semana Santa é uma das maiores festas desta região existem outros eventos igualmente significativos. Durante a nossa viagem assistimos a duas importantes procissões, sendo que uma delas reuniu centenas de fiéis no topo de uma serra, em Cabra.

O nosso périplo pelos Caminos de Pasión arrancou Utrera e no seu conhecido Santuário de Consolación. Onde está a virgem, com o barquinho pequeno na mão, e onde reside toda a sua devoção.

Fizemos esta viagem em outubro. É tempo de escola e estamos em horário de trabalho mas, mesmo assim, o centro de Utrera está cheio de famílias e crianças que brincam e correm na Plaza del Altozano.

mostachones-utrera

Antes de sair daqui, faça um desvio para provar um dos doces tradicionais desta terra: os Mostachónes de Utrera. São um biscoito mole, com sabor a canela, cozinhado em forno a lenha, tal como manda a receita antiga, desde 1880.

No dia seguinte, ficamos a conhecer Écija e fomos aprender mais sobre uma das maiores tradições locais: a criação do cavalo andaluz que, ficamos a saber, é um dos mais antigos cavalos do mundo. Em Écija, também fomos visitar a Iglesia de la Limpia Concepción de Nuestra Señora, passando depois pela Casa-Palacio de los Palma e pelo Museu Histórico Municipal Palacio de Benamejí. E fique com a nossa sugestão de almoço: no Restaurante las Ninfas, dentro deste museu.

A cidade Carmona foi uma das que mais gostei de conhecer. Um centro histórico lindo, com as muralhas ainda à vista e uma torre de onde tem uma vista panorâmica (Alcázar Puerta de Sevilla) sobre todo o município. Sem olhar para as horas, passeie pelas ruas de Carmona e vá descobrir o seu património monumental dentro de espaços como a Iglesia de Santa María e o Museo Histórico Municipal.

puerta-sevilla-carmona

Foi também em Carmona que fomos assistir a um concurso de flamenco, numa das associações culturais muito típicas nestas localidades. Vai ter sempre disponível um local com espetáculos de flamenco.

E se Carmona é bonita, Osuna não lhe fica atrás. Nos dias que correm, este município é mais falado por ter sido cenário para a série “Guerra dos Tronos”, mas as suas simpáticas gentes e os seus monumentos são a sua maior riqueza.

Posso não vos dizer isto de mais nenhum local, mas Colegiata de Osuna é de visita obrigatória e não se vão arrepender em conhecer esta riqueza histórica. Aqui ao lado está a Universidade, também de portas abertas para os visitantes, e o Monasterio de la Encarnación, onde fomos recebidos por uma das Irmãs que lá vivem.

Villa Romana Fuente del Álamo

Villa Romana Fuente del Álamo

O município de Puente Genil estava a seguir na nossa agenda, para que fossemos conhecer a Villa Romana de Fuente Álamo, com verdadeiras ruínas à vista de todos. Mas, foi mais a parte gastronómica que nos marcou neste município. Primeiro porque esta região é conhecida pela produção de marmelos e logo… pela marmelada, havendo inclusive competições para ver quem faz a melhor.

Também em Puente Genil ficamos a conhecer um dos melhores – entre os mais tradicionais – restaurantes da nossa rota: o restaurante Casa Pedro que nos deu a provar (e repetimos!) um maravilhoso salmorejo.

Em Cabra, além de termos ficado a conhecer o seu centro histórico – também muito pitoresco e bonito – termos assistido à procissão da Virgen de la Sierra, foi um dos momentos altos da viagem.

Santuário da Virgen de la Sierra

Santuário da Virgen de la Sierra

Foi um dia de festa, no topo da serra, onde está o santuário e de onde a virgem sai e depois regressa (por volta de setembro/outubro) para as festas em sua honra. À chegada do andor, os fiéis dão vivas, há cozinhas improvisadas com arroz para mais de mil pessoas e muita animação, num sítio com uma vista de cortar a respiração.

Também em Lucena apanhamos a procissão e as Festas de la Virgen de la Aurora, durante a noite. Mas, de salientar, em Lucena, é sem dúvida o Castillo del Moral e o Sagrario de San Mateo, com uma capela que o vai deixar maravilhado.

No dia seguinte, estamos ansiosos por conhecer Priego de Córdoba. Já tínhamos visto fotografias das suas ruas floridas e aguardávamos por passear lá pelo meio. E assim foi!  Na primavera o cenário ainda é mais florido e colorido – principalmente no Barrio de la Vila – mas ainda assim o centro histórico é lindo, com muitas fontes e lagos, como a Fuente del Rey.

Priego de Córdoba

Priego de Córdoba

Se não tiver muito tempo para visitar Alcalá la Real, parta de imediato para a Fortaleza de la Mota, com ruínas visitáveis e uma história incrível. Se for ao final do dia, leve este nosso conselho: vá para o monte em frente para apanhar o pôr-do-sol mesmo em cima da fortaleza.

No último dia desta viagem pelos Caminos de Pasión, fomos conhecer Baena. Vila típica andaluza, cujo castelo teve obras de recuperação, conseguindo manter parte do monumento original. Também vale a pena uma visita ao Museu Histórico Municipal, com achados seculares da região, incluindo estátuas romanas.

Este foi o nosso programa pelos Caminos de Pasión, mas aconselhamos a que vá com mais tempo ou que escolha algumas cidades para explorar melhor.

Escolhemos Carmona e Cabra como as cidades onde ficávamos a dormir (hotéis) e depois, todos os dias, partíamos à descoberta dos 10 municípios dos Caminhos da Paixão (de Cristo). Apesar de todos estes locais estarem ligados diretamente às festas da Semana Santa, onde participam centenas de confrarias e irmandades, convém avisar que essa é a altura do ano em que os quartos dos hotéis esgotam, por isso, aconselhamos a que faça a sua reserva com bastante antecedência.

Etiquetas

Sobre o Autor

Susana Ribeiro

Susana Ribeiro

Jornalista, adora contar histórias e é uma apaixonada por viagens. Susana Ribeiro encontra sempre um pretexto para passear. Depois de escrever, para vários órgãos de informação, sobre turismo, gastronomia, vinhos e viagens… decidiu colocar todas as suas dicas no ViajeComigo.com. As suas sugestões são para incentivar outros a descobrirem novas paragens. Por isso, diz: “Há sempre um sítio novo para conhecer, nem que seja na sua própria cidade. Cada viagem e viajante são singulares. Conheça o mundo à sua maneira”.

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook