Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > Conselhos de Viagem > Seguro de Viagem: Conselhos Práticos

Conselhos de Viagem

Seguro de Viagem: Conselhos Práticos

Seguro de Viagem: Conselhos Práticos
Junho 06
07:16 2016

Vale a pena fazer um seguro de viagem?

Esta é uma questão bastante pessoal e não tem uma resposta definitiva. Tudo depende da personalidade de cada um. Há quem não se preocupe muito com problemas potenciais e há quem procure reduzir todos os riscos e precaver todas as eventualidades. Claro que quanto mais prudente for a pessoa maior necessidade sentirá de avançar para um seguro de viagem.

Todas as Viagens são Diferentes

seguro de viagem, dicas seguro viagem

O destino de uma viagem deverá ter um papel importante na decisão final e no tipo de coberturas pretendidas. Nos países da Comunidade Europeia o viajante poderá fazer-se acompanhar pelo Cartão Europeu de Seguro de Saúde, que oferecerá assistência médica em qualquer dos Estados membros nas mesmas condições proporcionadas aos seus cidadãos.

As expedições a países mais remotos e com condições hospitalares mais reduzidas encontram-se na outra extremidade da escala. Nesses casos convém não facilitar e avançar para um seguro de viagem mais abrangente, sem esquecer a possibilidade de evacuação e repatriamento. Ninguém quererá dar por si com uma apendicite numa aldeia remota do Laos. É nestes casos que é vital ter a possibilidade de evacuação para um país próximo com condições mais adequados. No exemplo indicado a Tailândia, mesmo ali ao lado, tem condições para oferecer cuidados médicos de elevada qualidade e é para lá que desejaríamos seguir.

Embora não seja frequente existem nações onde os viajantes estrangeiros têm acesso a cuidados médicos de forma gratuita, e se for para essas partes do mundo talvez possa considerar dispensar a despesa adicional que representa um seguro de viagem, ciente contudo de que existem uma série de eventualidades não relacionadas com a sua saúde que não terão cobertura.

Por outro lado há países onde é exigido um documento comprovativo de seguro de viagem para obter autorização de entrada.

Que Tipo de Seguro de Viagens

seguro de viagem, dicas seguro viagem

Pode ser discutível, mas vamos agrupar os seguros de viagem em três categorias. Primeiro, os seguros altamente especializados, vendidos por empresas que trabalham apenas neste segmento.  São todas companhias todas estrangeiras e operam online. São mais caros mas as suas coberturas são as mais completas, oferecendo as garantias desejadas pelos mais prudentes. Os testemunhos de clientes são predominantemente positivos e a sua solidez inspira confiança.

De seguida vêm os dois ou três – poucos, portanto – seguros deste tipo comercializados pelas grandes companhias seguradoras nacionais. Têm preços bem mais acessíveis mas as coberturas não são tão extensas, oferecendo uma solução de consenso. Serão suficientes para cobrir as despesas resultantes de um problema de saúde inesperado o de um acidente indesejado. Até poderão garantir o reembolso em caso de furto comprovado. Os detalhes deverão ser discutidos com um bom agente de seguros, mas de uma forma geral esta escolha deverá satisfazer as necessidades básicas do segurado.

Por fim há os seguros agregados a produtos diversos. Os mais frequentes serão talvez os que aparecem associados a cartões de crédito, válidos para viagens pagas com o cartão de crédito em questão. Algumas companhias aéreas incluem seguros de viagem básicos a troco de um pequeno valor extra. O seu custo reduzido aconselha alguma prudência. Convém ler com atenção as condições contratuais. Não há nada pior do que se pensar que se está coberto por um seguro e num momento de infortúnio descobrir que as coisas não serão bem assim.

Qual a sua opinião sobre o seguro de viagem? Acha que deveriam ser feitos em todas as viagens, ou apenas nas que apresentam maiores riscos?

Etiquetas

Sobre o Autor

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro: Nasceu e cresceu em Lisboa. Foi para o Algarve. Licenciou-se em História, andou dez anos com os galões dourados da Armada, até que mandou as rotinas à fava e passou a fazer websites. Agora está aqui, pronto para partilhar o que viu no Planeta. Lê, vê cinema, anda de moto 4, faz Geocaching e é Couchsurfer.

1 Comentário

  1. Sofia
    Sofia Junho 23, 16:15

    Os seguros de viagem têm ganho cada vez maior relevo. É sem dúvida uma excelente forma de estar precavido para qualquer eventualidade , nomeadamente para o facto de haver algum imprevisto e ser necessário cancelar a viagem (e evitar perder quase a totalidade do dinheiro). Creio que os mais jovens, nem sempre têm esse tipo de pensamento, agem sem pensar e às vezes as compras de viagens feitas “à maluca” e não reembolsáveis (cujas tarifas são normalmente mais baixas) podem sair bem caras se houver algum imprevisto.

    Responder a este comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook