Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > Seis Razões para Visitar São Tomé

O que ver

Seis Razões para Visitar São Tomé

Seis Razões para Visitar São Tomé
Maio 19
10:30 2015

1  – Variedade

Quem se apreste a chegar a São Tomé é bem provável que pense para com os seus botões sobre como aplicará os sete ou quinze dias de férias que tem pela frente. Afinal de contas, descontando o Príncipe, inacessível e virgem, São Tomé é uma ilha com pouco mais de quarenta quilómetros de ponta a ponta. Pois que descanse o leitor: entre praias e roças, passeios pela cidade, expedições ao interior profundo, visitas às impressionantes quedas de água e os momentos de relaxe que merece, os dias passar-se-ão tão depressa que sem dar por isso será véspera do regresso a casa.

sao tome principe voos baratos hoteis baratos o que fazer

Ilha de São Tomé

2 – Natureza

Quem gosta de actividades de ar livre e de estar junto da Natureza sentir-se-á no paraíso. As praias, essas, são já uma imagem de marca. Mas há muito mais, marcado pela diversidade paisagística da ilha. Quem contornar a ilha pelo norte a partir da capital passa primeiro por uma zona de campos relativamente abertos, progredindo gradualmente para uma paisagem dominada pelas palmeiras e quedas de água que se abatem sobre o solo junto à estrada. Há por ali um ambiente com perfume havaiano, com a natureza a tornar-se mais selvagem à medida que se aproxima a aldeia de Santa Catarina e com ela o final da estrada.  Já na outra ponta da ilha, onde se encontra Porto Alegre, a selva é densa, impenetrável, existe mais precipitação. E depois existe o interior, montanhoso, de onde se ergue o Pico, um ponto elevado apenas ao alcance dos mais atléticos, numa caminhada com toques escalada que implica uma pernoita em tenda e que deve ser sempre levada a cabo com um guia credenciado.

3 – Praias

As praias de São Tomé são a sua imagem de marca. Também aqui a variedade impera, com opções de personalidade muito diferente. As favoritas dos visitantes serão sempre as de areia dourada, e essas são merecedoras de postais ilustrados alusivos ao Paraíso. No pequeno Ilhéu das Rolas, destino de tantos turistas, vão-se encontrar as mais adequadas, mas outras há ao longo da costa da ilha principal. A Praia Lagoa Azul, com as suas águas de cor única, e que não sendo das mais adequadas para umas braçadas, é linda de morrer… A Praia Piscina, remota, quase sempre deserta, com o mar que, quebrado pelas rochas que a envolvem, chega ao areal sereno e de braços abertos para o banhista… e muitas mais, num roteiro sem fim que certamente não será esgotado numa ou duas semanas de férias.

sao tome principe voos baratos hoteis baratos o que fazer praia

Praia em São Tomé

4 – Pessoas

A doçura dos são-tomenses é quase global. Não é raro que ao caminhar nas ruas da cidade o visitante seja simplesmente convidado para uma refeição. A maioria das pessoas está sempre pronta para dois dedos de conversa bem-disposta, os pequenotes – apesar de por vezes serem um pouco aborrecidos na sua constante pedinchice de doces, canetas, bolachas – adoram posar para fotografias (ao contrário dos adultos). Como um espelho da boa natureza deste povo praticamente não existe crime e certamente não de uma forma violenta, o que permite ao turista cirandar sem receio de uma forma que não é vulgar em África.

sao tome principe voos baratos hoteis baratos o que fazer praia

 5 – Língua

A forma de português que se fala em São Tomé será das mais próximas do original, do de Portugal. E virtualmente toda a gente o fala, não é apenas um traço do passado perdido entre dialectos. Isto é um enorme trunfo para quem visita o país. Estará num mundo culturalmente exótico e contudo a poderosa chave que é uma língua comum abrir-lhe-á as portas para uma série de experiências que se prometem enriquecedoras. Pode, por exemplo, parar numa qualquer tasca de beira de estrada, oferecer uma rodada de cerveja ou vinho de palma e deliciar-se a ouvir estórias e memórias daquela gente com tanto para contar. Nunca se perderá, terá sempre auxílio ao seu alcance, pode escolher os pratos nos restaurantes sabendo o que está a pedir. Uma maravilha.

6 – Preços

Não deverá esperar uma bagatela se pedir um whiskey no bar do seu hotel. Mas se sair para as ruas, comprar nos mercados, comer nas tascas locais, trouxer peixe dos barcos que regressaram do mar, ficará agradavelmente surpreendido com os preços que vai encontrar. Mesmo um almoço num bom restaurante para turistas não custará nada de mais e os locais mais prestigiados dirigidos por são-tomenses são igualmente em conta. Os voos para São Tomé também não são caros. E depois há as pequenas coisas… O coco repleto de sumo fresco que se compra por meia dúzia de cêntimos, o guia que nos leva pelas ruas de São Tomé por uns poucos Euros…

sao tome principe voos baratos hoteis baratos o que fazer praia

São Tomé

Etiquetas

Sobre o Autor

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro: Nasceu e cresceu em Lisboa. Foi para o Algarve. Licenciou-se em História, andou dez anos com os galões dourados da Armada, até que mandou as rotinas à fava e passou a fazer websites. Agora está aqui, pronto para partilhar o que viu no Planeta. Lê, vê cinema, anda de moto 4, faz Geocaching e é Couchsurfer.

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook