Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > Brasil, por quê visitar o país com maior biodiversidade do planeta?

O que ver

Brasil, por quê visitar o país com maior biodiversidade do planeta?

Brasil, por quê visitar o país com maior biodiversidade do planeta?
Julho 27
09:10 2016

Os números falam por si: o país-irmão é o que ostenta a mais ampla biodiversidade de fauna e flora de todo mundo, sendo os seus 5,5 milhões de metros quadrados habitat para mais de 520 mamíferos (77 deles primatas), cerca de 3.000 peixes de água doce, 517 espécies de anfíbios, 3.150 de borboletas, 1.622 variedades de aves e 468 de répteis. A sua imensa extensão territorial é suficientemente grande para incluir aquele que é considerado “o buraco-negro da biodiversidade”: a floresta amazónica. Em apenas um hectare de floresta pode haver mais de 300 árvores diferentes sendo que se estima que existam mais de 10 milhões de espécies, embora o número real seja incalculável.

Embora o post esteja ainda no início, provavelmente os amantes da natureza já terão encontrado argumentos suficientes para acrescentar à sua lista de destinos na terra do samba e da caipirinha, de Copacabana e, da mencionada, selva amazónica. Se ainda estão a ler este artigo estamos seguros de que não vos vai faltar vontade, nem motivos, para começar a procurar voos baratos para o Rio de Janeiro, de onde podemos arrancar esta aventura.

cristo redentor do corcovado

Cristo Redentor do Corcovado.

Muito perto daquela que é a segunda cidade mais povoada do Brasil está um dos espaços naturais mais formidáveis daqui, o Parque Nacional da Tijuca, com 4.000 hectares. É a maior floresta urbana do mundo tendo sido declarado, Parque Nacional, o mais visitado do país. É onde se encontra o majestoso Cristo Redentor do Corcovado sendo que nas suas imediações se podem levar a cabo uma série de actividades de aventura, trekking e turismo ecológico.

Mais famoso que este – embora estejamos a falar de uma das imagens mais icónicas do lugar – é o Iguaçu, Património da Humanidade. Está localizado no estado do Paraná e é famoso pelas suas cataratas. A envolvente serve de ecossistema para mais de 257 espécies diferentes de animais: borboletas, serpentes, papagaios, tucanos, veados… Se partirem do Rio vão necessitar de um voo uma vez que se encontra no interior do Estado.

Iguaçu, Património da Humanidade.

Iguaçu, Património da Humanidade.

A floresta amazónica, a que já fizemos referência no início, é outra das visitas obrigatórias. Na verdade, muitos aventureiros organizam a sua viagem a pensar apenas embrenhar-se por entre os mais de 990.000 hectares do Parque Nacional da Amazónia, que, sem estranhar, é também Património da Humanidade. Vão poder encontrá-lo no município do Itaituba na região sudoeste do estado do Pará. As suas imagens de marca são a sua vegetação rasteira e os seus animais, quase todos pendurados nas árvores ou disputando os corredores aéreos a baixa altitude com outras espécies: tucanos, pica-paus, preguiças e macacos, entre outros.

Chapada Diamantina é outro espaço protegido que se destaca entre os amantes da natureza. Está a 425 quilómetros de Salvador da Baía e há muitos pontos de interesse na região. Para começar Lençóis, uma pequena cidade de ruas empedradas e casas antigas. Ao entrar no parque, encontrarão o Poço Encantado, uma caverna com águas transparentes nas quais – atenção – está vedada a ida a banhos. É um lugar recomendável para fazer caminhadas e/ou trekking.

Tucanos, Brasil.

Tucanos, Brasil.

Estes são apenas algumas das paisagens deslumbrantes à espera de serem descobertas por terras brasileiras, que se distribuem por 62 parques nacionais, 22 deles vedados ao público. Deixamo-vos outros nomes/parques para ter em conta se optarem por percorrer o coração verdejante do país: Chapada dos Veadeiros, Serra dos Órgãos, Caparaó, Itatiaia e Mariano Abrolhos.

Começamos pelo Rio de Janeiro? No site da Rumbo pode encontrar voos baratos para o Rio de Janeiro em qualquer altura do ano!


© Artigo traduzido por Miguel Albuquerque.

Etiquetas

Sobre o Autor

María Sanchez

María Sanchez

Viajera, que no turista; periodista y bloguera, que no redactora. Porque no es lo mismo ser que estar, SOY comunicadora por vocación. Licenciada en Periodismo, con amplia experiencia en medios de comunicación y redes sociales, mi gran pasión es descubrir Mundo. La mejor forma de recordar un viaje, contándolo. Puedes encontrarme en la blogosfera y en las redes sociales. Bon voyage!

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook