Blog de Viagens – Rumbo.pt

UM BLOG RUMBO
Home > O que ver > 11 visitas obrigatórias na Capadócia

O que ver

11 visitas obrigatórias na Capadócia

11 visitas obrigatórias na Capadócia
Dezembro 11
07:40 2015
5
SHARES

Na Turquia, na chamada Anatólia Central, a Capadócia é considerada uma área única no mundo, porque reúne particularidades que mais nenhuma tem. A sua região é feita da história de dois vulcões. Atualmente estão extintos, mas quando estavam em atividade a sua lava e cinzas moldaram toda a paisagem da Capadócia, juntamente com a erosão ao longo dos tempos. De acordo com os investigadores, os vestígios arqueológicos da região têm mais de 5 mil anos.

Fique a saber quais os 11 locais que tem mesmo de visitar e o que pode lá fazer. Para ter voos baratos para a Turquia e Capadócia, pesquise na Rumbo.

1 – Museu de Göreme

Museu-de-Goreme---Capadócia---Turquia-©ViajeComigo4

Classificado como Património da Humanidade pela UNESCO, desde 1984, este museu a céu aberto mantém as casas escavadas em rochas assim como igrejas com pinturas rupestres, que ainda mantêm alguns dos frescos do período Bizantino. A maioria das igrejas é dos séculos X a XII.

2 – Museu de Zelve

16357086979_4d0e4af434_z

Museu de Zelve (autor: chrisnelsondotca / Flickr Creative Commons)

Tal como Göreme, o Museu ao ar livre de Zelme foi o local onde muita gente viveu. Fica a cerca de 10Km de Göreme, na estrada para Avanos, e mostrou desde sempre uma convivência salutar e paz entre cristãos e muçulmanos nestas casas escavadas nas rochas… até 1924. Apenas saíram de lá devido à erosão, que tornou algumas habitações perigosas.

3 – Chaminés de Fadas

Capadócia---Turquia-©Viaje-Comigo

Os vulcões, a lava, as cinzas e a erosão fizeram com que um dos cenários naturais mais espetaculares do mundo se formasse na Capadócia.

Entre as formações mais espetaculares estão as chamadas de “chaminés de fadas”, porque são pequenos pedaços de rocha sobre altas rochas. No caminho de Göreme para Avanos encontra Pasabag onde estão muitas “chaminés de fadas”. Não há turista que não pare aqui para fotografar e presenciar este trabalho da natureza.

Muito famosa é também Zelve, uma das aldeias de chaminés nas rochas e que foi habitada até aos meados do século XX. Mas a insegurança da erosão das casas fez com que a população se mudasse para Yeni Zalve e a antiga aldeia é agora um museu a céu aberto.

As mais famosas três chaminés estão também numa espécie de miradouro onde todos os autocarros param. Ao fundo, no meio de montes, consegue-se avistar (se o céu estiver limpo) o adormecido vulcão Erciyes. Também passará por estas “chaminés” no Vale do Amor, nome dado pelo aspeto fálico que têm as rochas.

4 – Visitar Urgup

Esta cidade fica no centro da Capadócia, a 23 Km de Nevsehir. O seu nome significa “muitos castelos” e é também conhecida por ter sido local de passagem de São Paulo, numa das suas viagens na Anatólia.

Muitos exploradores também por aqui passaram para estudarem as habitações e igrejas esculpidas nas rochas. Aliás, podem ser visitadas peças de arte, encontradas por investigadores, assim como túmulos antigos e os museus de Arqueologia e Etnografia.

5 – Cidades Subterrâneas

Cidade de (autor: dbmerino / Flickr Creative Commons)

Cidade de Derinkuyu (autor: dbmerino / Flickr Creative Commons)

Quando começou a construção das cidades subterrâneas da Capadócia? Não se sabe! Mas, supostamente, e segundo alguns livros, terá sido à volta do V século a.C.

Na Capadócia pode ficar a conhecer duas das mais conhecidas cidades subterrâneas: de Derinkuyu (a mais profunda) e de Kaymakli (a maior).

Estas cidades trogloditas são agora visitadas pelos turistas para se perceber como os seus habitantes se adaptaram à vida debaixo do solo. Têm centenas de túneis em vários andares abaixo do chão (15 a 85 metros de profundidade), onde garantiam a ventilação, locais frescos para manter a comida, os animais e locais próprios de habitação e confeção de comida. As cidades subterrâneas eram também um refúgio já que passavam despercebidas aos invasores. Existem 36 cidades subterrâneas na Capadócia. Aviso: não é um bom passeio para quem sofre de claustrofobia!

6 – Conhecer a cidade de Avanos

A cidade de Avanos, na província de Nevsehir, é muito conhecida pela sua cerâmica de barro vermelho (retirado do rio) e pelas suas tapeçarias. Também aqui se diz que estão as típicas casas turcas: construídas de forma simples com pedras e tijolos ou só de madeira. Também em Avanos vai encontrar várias pontes históricas, já que aqui passa o Kizilirmak (Rio Vermelho), o rio mais extenso da Turquia. Em Avanos está também a Igreja Dereyamanli, uma das mais antigas da Capadócia, escavada nas rochas entre os séculos IV e VI.

7 – Caravansarai Seljuk

Dervishes (autor: Leticia Barr / Flickr Creative Commons)

Dervishes (autor: Leticia Barr / Flickr Creative Commons)

É uma das maiores curiosidades dos turistas e este espaço acolhe as cerimónias dos rodopiantes dervishes. Pode reservar e assistir a uma neste local a uns 6 Km de Avanos. Mas fica já o aviso: a maior parte destas cerimónias não permite a captação de imagem.

8 – Vale dos Pássaros / Vale dos Pombos

Esta é também uma área onde foram construídas casas nas rochas, mas não para pessoas… As casas foram transformadas para acolher pássaros, ou melhor pombos! No miradouro, onde todos os turistas param para observar o vale, está uma famosa árvore onde também (todos) querem tirar uma foto… é uma árvore coberta de olhos turcos. Sabia que esse “olho turco” serve para “afastar o mau olhado” ou a “má sorte”.

9 – Espetáculo das 1001 Noites Turcas

É um espetáculo tipicamente turístico mas que mostra as mais tradicionais danças e rituais turcos. Fomos assistir ao espetáculo das 1001 Noites Turcas, em Avanos, no Evranos’a Hosgeldiniz. Esta sala de eventos está escavada na pedra e no centro são apresentadas as danças. Normalmente o preço para o espetáculo inclui bebidas à descrição. É possível assistir à simulação de uma dança Dervishe (a dos rodopios intermináveis), à dança do ventre, e à representação de rituais de pedidos de casamento. O público também é chamado a participar.

10 – Viagens de balão

Balao-Capadocia-©-Viaje-Comigo

É uma das experiências inesquecíveis, esta de fazer uma viagem de balão na Capadócia. Escolha uma altura que saiba que vai ter céu limpo. Em caso de mau tempo os balões nem chegam a sair do chão! Fomos num dia um pouco nublado mas com as condições de segurança necessárias e foi espetacular. Dezenas de balões a colorirem os céus da Capadócia. O objetivo é arrancar de madrugada e assistir ao nascer do sol. Não tivemos tanta sorte porque como estava muito nublado não pudemos assistir em pleno ao nascer do sol. Mesmo assim foi inesquecível!

11 – Tapetes da Turquia

Tapetes turcos (autor: s tsui / Flickr Creative Commons)

Tapetes turcos (autor: s tsui / Flickr Creative Commons)

Em Avanos ficamos a conhecer uma das típicas empresas dos mais tradicionais tapetes turcos. Visitamos o Bazaar 54 onde pudemos assistir a todos o processo de produção. Mesmo à produção do fio de seda, para fazer os mais caros tapetes, e à tecelagem das trabalhadoras nos teares. Existem tapetes que podem custar dezenas de milhares de euros mas outros têm preços mais acessíveis – mas obviamente não terão os mesmos materiais de alta qualidade e também não terão demorado tanto a serem feitos. Alguns tapetes podem demorar até 2 anos a serem feitos… fio por fio! E muitos são autênticas obras de arte.

5
SHARES
Etiquetas

Sobre o Autor

Susana Ribeiro

Susana Ribeiro

Jornalista, adora contar histórias e é uma apaixonada por viagens. Susana Ribeiro encontra sempre um pretexto para passear. Depois de escrever, para vários órgãos de informação, sobre turismo, gastronomia, vinhos e viagens… decidiu colocar todas as suas dicas no ViajeComigo.com. As suas sugestões são para incentivar outros a descobrirem novas paragens. Por isso, diz: “Há sempre um sítio novo para conhecer, nem que seja na sua própria cidade. Cada viagem e viajante são singulares. Conheça o mundo à sua maneira”.

0 Comentários

Ainda não existem comentários!

Não existem comentários neste momento, quer adicionar um?

Escrever Comentário

Escrever Comentário

Siga-nos no

Infografias - Infografias inspiradoras by Rumbo.
Dicas para Viajantes - Viaje informado com a Rumbo.

Siga-nos no Facebook